Posts Tagged ‘egoismo’

Preciso tanto me fazer feliz

agosto 3, 2011

Tenho uma teoria para explicar todos os relacionamentos falidos que tive, e incrivelmente é a mesma para os que deram certo.

Parto do seguinte ponto: todas as pessoas, sem exceções, são egoístas, e as pessoas altruístas são extremamente egoístas. Pois não existe ninguém que faça qualquer coisa espontaneamente para o bem de outrem, sem ter como finalidade, explicita ou implícita, realização de seus próprios desejos.  O egoísta explicito diz que faz algo porque é para o seu bem, o egoísta implícito diz que faz o bem porque ELE (o egoísta) gosta de fazer o bem (porque se não gostasse não faria, e seria o egoísta explicito).

Claro, que avaliamos as pessoas por nossa noção de valor, o quê, afirmando que todos são egoístas, eu seria uma grande egoísta assumida, sim sou, mas tenho atitudes de egoísmo implícito, pois faço o bem “sem olhar quem” porque acho importante, sendo assim, cumpro mais um interesse pessoal meu.

Certo, se relacionamentos falidos ou duradouros tem uma mesma razão, está razão é esse egoísmo.

Relacionamentos são construídos por nós indivíduos, claro. Esperamos muito de algumas pessoas por queremos dar muito também, e de outras não esperamos nada e somos surpreendidos por um pouco que já é mais do que o esperado.

O bater das asas das borboletas que sentimos no estomago, perto de alguém que queremos ficar, faz nascer um roteiro na imaginação de tudo que poderíamos viver. Expectativa não é? Pois é, nós queremos fazer a pessoa feliz, porque podemos, e sabemos que faremos, mas na verdade queremos que a pessoa busque seu roteiro (criado da nossa expectativa) e cumpra seu papel nesse teatro real, egoísmo né? Isso é falido. Por isso meus relacionamentos faliram.

Agora, quando você não espera nem um sorriso, nem um carinho, nada! Você vê a pessoa convive e não cria nenhuma história hipotética com roteiros adaptados para cada situação, isso junto com a outra pessoa que também não quer que você faça parte de nada, faz aflorar o melhor dos relacionamentos. Cada um é o que é, e se não gosta, joga na cara, porque enfim, quem quer conviver com o que não gosta? Somos egoístas enfim!

Assim, esse “eu quero fazer você feliz” não é nada mais de “me deixa eu te usar para ser feliz”, e o “eu não estou nem ai para você” é um “não tenho planos para você, então fica ai, sendo você mesmo, que eu prefiro, e sei que você também”.

E já diria o Rei né “Preciso tanto me fazer feliz”

Anúncios