O futuro me absolve!

by

Pensei em falar de 2010, mas enfim, 364 dias vivendo num ano, e ainda falar dele, acho superestimar um ano no fim. Vamos falar de 2011!

Enfim uma nova década!

A década que passou foi ótima, foi a década de todos as primeiras coisas da minha vida, de bom e de ruim, as boas eu melhorei com o tempo, as ruins eu aprendi a lição. Mas espero que nessa próxima década também possa experimentar coisas pela primeira vez, e que não se limite a interações tecnológicas.

Espero achar um hobbie que não envolva tabaco nem cevada (em excesso). Espero fortalecer minhas amizades, pois gosto muito de todos meus amigos reais. Espero trocar mais informação com os colegas virtuais também.

Torço para que descubram uma maneira eficiente de perder peso dormindo, e um remédio de ressaca, puxa indústria farmacêutica e alimentícia invistam nessas áreas!

Torço também para que cada porre que eu tome, eu faça sexo duas vezes, como uma regra de vida. Espero encontrar alguém legal também, sem dramas, só camas!

Espero também que o bom gosto volte a moda, assim como a boa educação, e em algumas situações até os bons costumes. Chega de baixaria né?

Meus mais sinceros votos de felicidades a todos vocês! E vamos seguir juntos, pois juntos entendemos a piada!

Aquele abraço e que venha 2011!

 

Anúncios

Tags: ,

Uma resposta to “O futuro me absolve!”

  1. Cansei de ser Poliana Says:

    Ai filhinha, além disso tudo, quero uma invenção eficaz e por favor sem efeitos colaterais que me faça parar de sangrar todos os meses. E barata.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: