O fim e o começo

by

Tenho um mês e meio, menos que isso talvez. Esses dias sonhei que estava curtindo minha festa de despedida de vida com os meus. Foi tudo muito bom, senti o fim da vida com pouco medo, pouca desconfiança, poucos ciúmes dos que ficam, mas confesso, senti nostalgia por saber que jamais passaria aqueles bons momentos com aquela boa gente. Tive inclusive, pouca expectativa sobre o que viria e quem seriam os novos seres que me proporcionariam esses bons sentimentos num momento vindouro. Os meus estavam como eu, felizes, alegres, conversávamos como se de nada soubéssemos. No entanto, quanto mais o fim se aproxima, mais os sentimentos de insegurança ficam a flor da pele. Me esquecerão? Ficarão felizes sem mim? E minhas coisas, o que farão com elas? E meus amores e minhas amoras, irão lembrar-se de mim? Sabe-se que as coisas que mudaram ainda muito mudarão, mas em que direção? A Gabriela de hoje não tem gritos nem ruídos, como puderam bem observar, ela vem cheia de pontos de interrogação e de nostalgia. Deixe-me ir que preciso começar a finalizar coisas e a me despedir de vocês…

Anúncios

Tags: , , , ,

4 Respostas to “O fim e o começo”

  1. N! Says:

    Aiaiai… bem melhor sonhar com uma viagem. Que tal para a Europa?! Imagine-se voltando cheia de novos gritos e ruídos internacionais! 😉

  2. melhorcalada Says:

    Qm perde é qm fica, pois mantém a mesma rotina, mas sem alguém importante para dividir. As perguntas de qm vai são as mesmas de qm fica, e no final até Maria Rita já nos explicou que “a hora do encontro também é despedida”. Mas o mais importante é saber que “Melhor ainda é poder voltar Quando quero”.
    Q bando de sentimentalistas nós neh?

  3. Fernando Says:

    Last Dance ou Let’s dance?

    Pra Donna Summer, uma cantora disco, a última dança é um convite para se dançar ainda mais, fazendo o trocadilho de last dance e let’s dance.

    A última dança com Gabriela é na verdade uma chance de dançarmos mais uma vez com ela, e é com esse pensamento que vou encarar os seus ultimos meses.

  4. Lourdes Says:

    eu nem consegui ouvir toda a música.. me emciono com despedidas.. por isso as odeio e não vou te dar tchau…
    mas vou estar no aeroporto te esperando com um cartaz bem grande: Gabriela, sempre Gabriela… eu ainda te amo!

    eu não vou dizer tchau.. mas vou dar um abraço bem forte… tá?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: